Carta para o irmão que nunca tive mas sempre tive

Olá maninho,
Eu não sei ao certo como começar, na verdade saí agora de ao pé de ti e tenho tentado aproveitar ao máximo o tempo que ainda tenho contigo, o tempo não existe certo? Quando estamos bem o tempo passa a correr é assim que ele passa quando estou contigo.
Ás vezes é muito mais dificil dizer as coisas na cara hoje por várias vezes as lágrimas surgiram mas não é essa a memória que eu quero que leves contigo por isso deixo-te um sorriso. Venho agradecer-te por tudo, pelos sorrisos, pela confiança, pelos abraços, compreensão, por tudo o que fizeste por mim. O melhor remédio para ser feliz é fazer uma pessoa sorrir todos os dias e tu consegues, sempre conseguiste despertar felicidade em mim.
Quero desejar-te um otimo começo, porque é uma nova vida e eu espero que a aproveites ao máximo que nunca de te esqueças que tu és único e consegues fazer sempre a diferença, que tu és capaz, porque és tu, e eu admiro isso em ti, a tua coragem, a tua maneira de ser, a tua maneira de ver. Eu vou estar aqui e já sabes se um dia precisares de algo a tua maninha está aqui para ti sempre, porque não importa se nos conhecemos há muito ou pouco tempo em mim já marcaste e acredita vais-me fazer muita falta, eu vou sentir imensas saudades tuas, e espero um dia conseguir ir visitar-te.
Amanhã vou esforçar-me para que a ultima recordação minha seja um sorriso, boas energias é isso que quero transmitir-te porque vais precisar delas, e quando eu precisei tu estiveste lá.
E é aqui que me despeço nesta "carta". Um obrigado nunca chegará,  por tudo.
Jamais me esquecerei da pessoa que conheci e tenho orgulho em chamar Meu Irmão!

Sem comentários:

Enviar um comentário